Carregando...
Notícias

Acessibilidade no Enem é debatida em audiência

Em audiência na Câmara, MEC afirma estar trabalhando para melhorar acessibilidade no Enem
acessibilidade é debatida em audiência

Em audiência que discutiu acessibilidade nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 o representante do Ministério da Educação garantiu que a pasta tem feito o possível para incluir cada vez mais pessoas no exame. Segundo Camilo Mussi, diretor de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o órgão também está aberto a demandas e sugestões.

Mesmo quem já se inscreveu no Enem e pode entrar em contato pelo telefone 0800 616161 – fora do sistema de inscrição na internet – para explicar suas necessidades. O sistema também permite ligações com surdos, com a disponibilização de intérpretes de libras em videoconferência.

A audiência sobre o assunto ocorreu nesta quinta-feira (10) na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados, a pedido dos deputados Denis Bezerra (PSB-CE), Ted Conti (PSB-ES) e Aline Sleutjes (PSL-PR).

“A acessibilidade é importante para garantir direitos da nossa Constituição, principalmente o da dignidade humana. E também para que as pessoas possam concorrer em pé de igualdade e que possam fazer a sua vida plena, como qualquer outro brasileiro”, afirmou Denis Bezerra.

Pessoas com diferentes tipos de deficiência trouxeram à reunião suas dificuldades para fazer a prova que garante a entrada no ensino superior.

Falando em nome de pessoas com deficiência visual, o secretário de Comunicação da Organização Nacional dos Cegos do Brasil, Wesley Muller, pediu que esses cidadãos possam escolher mais de um recurso tecnológico de auxílio na execução da prova.

“A gente defende que seja usada a máquina braile ou um computador com leitor de tela”, listou Muller. “A gente defende que o braile siga as normas da Comissão Brasileira do Braile. E que a impressão seja feita com qualidade. Já recebi prova em que o braile estava apagado”, disse ainda.

Neste ano, as provas do Enem serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. Os cartões de confirmação da inscrição serão divulgados em 16 de outubro.

No próximo ano, a expectativa é que comece a ser implantado o Enem em formato digital, com provas sendo feitas por computador. Em 2020, cerca de 50 mil estudantes testarão o novo sistema.

Fonte Agência Câmara.

Acompanhe mais informações sobre a educação brasileira em nosso site: https://www.2em1consultoria.com.br/noticias/

Em nosso instagram e na página do facebook:

https://www.instagram.com/2em1consultoria/

https://www.facebook.com/2em1consultoria/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *