Carregando...
Educação Superior

Classificação para ocupação de bolsas remanescentes do Prouni será por melhor nota no Enem

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta sexta-feira, 16, no Diário Oficial da União (DOU), o  Edital nº26 que rege a seleção para ocupação de bolsas remanescentes do processo seletivo do primeiro semestre de 2021 do Programa Universidade para Todos (Prouni). As inscrições serão realizadas, exclusivamente, na página do Prouni a partir do dia 3 e até as 23h59 do dia 04 de maio. O resultado será divulgado em 7 de maio, também na página do Prouni.

Já na quinta-feira, 15, foi publicada a Portaria nº 212,  que dispõe sobre a ocupação de bolsas remanescentes do Prouni e estabelece a nova regra para a classificação dos candidatos.

A partir de agora, a classificação dos inscritos em cada um dos processos de ocupação de vagas remanescentes do Prouni considerará a média aritmética simples das notas obtidas nas cinco provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que são a prova de linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; e a prova de redação.

O candidato será classificado, na ordem decrescente da pontuação obtida no Enem, na opção de curso, turno, local de oferta e instituição de ensino para o qual se inscreveu, observado o limite de bolsas do Prouni disponíveis em cada período de inscrição.

A próxima seleção será a primeira edição do processo de ocupação de bolsas remanescentes do Prouni em que a classificação dos candidatos se dará por ordem de melhor desempenho obtido no Enem, considerando qualquer das edições do exame ocorridas nos últimos dez anos. Para o candidato que fez mais de um Enem será considerada, para efeito da classificação, a edição em que ele tenha obtido a maior média no conjunto de provas.

Com isso, a classificação se dará segundo um critério meritocrático, e não mais por ordem do horário da conclusão da inscrição, como ocorria antes, quando o critério era, meramente, temporal e, portanto, passível de prejudicar os candidatos que tivessem alguma dificuldade de acesso à internet.

Outra novidade desta edição é que os estudantes que fizeram o Enem de 2020 poderão se inscrever para disputar uma das bolsas remanescentes ofertadas. Também poderão se inscrever os estudantes que fizeram qualquer uma das edições do Enem, a partir de 2010. As bolsas remanescentes ofertadas são aquelas não preenchidas no processo seletivo regular para o primeiro semestre de 2021.

O critério mínimo exigido de desempenho no Enem é para que os candidatos tenham obtido 450 pontos no conjunto de provas do exame e nota superior a zero na redação. Além do desempenho no Enem, os candidatos devem observar os critérios socioeconômicos, já que para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

O Prouni é um programa de acesso ao ensino superior, destinado a quem não tem diploma de graduação, que oferece bolsas de estudo integrais,que cobrem a totalidade da mensalidade do curso, e parciais, que cobrem 50% do valor da mensalidade,em instituições privadas de ensino.

Cronograma

Dias 3 e 4 de maio– Período de inscrição;

Dia 7 de maio– Resultado;

De 10 a 13 de maio– Entrega da documentação que comprove as informações declaradas na inscrição.

Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da Sesu

Fonte: Ministério da Educação
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *