Carregando...
Educação a DistânciaEducação BásicaEducação SuperiorNotícias

Legislação Participativa debate liberdade de cátedra na educação

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados debate nesta quinta-feira (6) a “Liberdade de Cátedra” na educação, em especial na universidade pública. O debate foi proposto pela deputada Érika Kokay (PT-DF).

Foram convidados para a audiência:
– o desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4), Roger Raupp Rios;
– o professor aposentado do Departamento de Ciência Política da Universidade de São Paulo (USP), Paulo Sérgio Pinheiro;
– a procuradora Federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat;
– a professora do Departamento de Literatura e da pós-graduação em História da Universidade Federal do Ceará, professora Irenísia Oliveira;
– a representante d o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, Raquel Dias Araújo; e
– representante da Campanha Nacional pelo Direito à Educação

Princípio constitucional
Em seu requerimento para realização da audiência, a deputada Érika Kokay lembra que a Constituição Federal determina no artigo 206 que “a educação deve ser guiada pela liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber e pelo pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas”.

A deputada citou diversos acontecimentos que têm colocado em risco esse princípio constitucional, tais como o programa “Escola sem Partido”, a invasão de universidades públicas pela polícia, em outubro de 2018, sob o pretexto de coibir propaganda eleitoral irregular, além de campanhas difamatórias e ameaças de morte anônimas contra professoras e intelectuais do país em função de seus posicionamentos políticos e acadêmicos.

A audiência será às 10 horas, no plenário 3.

O público poderá participar do debate pela sala interativa.

Fonte: Agência Câmara Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *