Carregando...
Educação BásicaInovaçãoNotícias

Maranhão amplia escolas militares

adesão escolas militares

O estado do Maranhão, conseguiu ampliar desde o ano de 2015, o modelo de escolas cívico-militares em seu território. Hoje, o estado tem 16 escolas desse tipo, sendo que 12 foram entregues a partir de 2015. A gestão delas é do Corpo de Bombeiros ou da Polícia Militar, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação ou com Secretarias Municipais da Educação.

No total, cerca de 11 mil alunos estão matriculados nas escolas cívico-militares do Maranhão. Esse modelo vem apresentando bons resultados, como pode ser visto na nota do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que avalia escolas de todo o Brasil.

O Colégio Militar Tiradentes I, em São Luís, por exemplo, alcançou nota 5,9 no Ideb de 2017, acima da meta de 4,7 estabelecida pelo Ministério da Educação. A escola, que fica na Vila Palmeira, tem a gestão compartilhada entre a Polícia Militar e a Secretaria de Estado da Educação.

Há cinco anos no Colégio Militar Tiradentes I, Rafael Morgado, de 16 anos, conta que a disciplina é algo bastante cobrado, mas há muito mais elementos envolvidos: “A gente acaba se apegando muito aos professores, a gente tem os nossos monitores, e vamos criando a convivência harmoniosa”.

O diretor-geral da escola, o coronel Pedro Augusto Lima Brandão, afirma que há vários fatores para o sucesso da escola: “A presença da família na escola, a disciplina dos alunos, a estrutura física, os recursos humanos, temos excelentes professores”.

Ele conta que “há uma cobrança de disciplina, mas há também a questão da afetividade e da preocupação com o ser humano, a preocupação com o bem-estar dos alunos e dos funcionários”.

Outro exemplo é a Escola Militar Tiradentes II, em Imperatriz, que também ficou acima da meta no Ensino médio no Ideb 2017, com a nota de 5,5. Assim como a Escola Militar Tiradentes III, localizada em Bacabal, que teve uma nota ainda maior, 5,8.

Alguns dos colégios militares entregues em 2015 representaram marcos na educação do estado. É o caso do Colégio Militar Tiradentes V, a primeira escola militar de Timon, inaugurada em 2017. Em 2018, o colégio foi transferido para o novo CAIC (Centro de Atenção Integral à Criança) de Timon, totalmente reformado após anos de abandono.

Fonte: O Imparcial.

Acompanhe mais informações sobre a educação brasileira em nosso site: https://www.2em1consultoria.com.br/noticias/

Em nosso instagram e na página do facebook:

https://www.instagram.com/2em1consultoria/

https://www.facebook.com/2em1consultoria/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *