Carregando...
Notícias

Publicação mostra experiência do Pnae na alimentação escolar de comunidades indígenas

O Brasil possui um dos maiores e mais estabelecidos programas de alimentação escolar do mundo, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), que atende diariamente a mais de 40 milhões de alunos em todas as regiões. Implementar o Pnae em um país de dimensões continentais e com rica variedade étnica requer constante inovação, além de atenção contínua às necessidades próprias de cada comunidade. Pensando nisso, o Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (WFP) no Brasil, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) apresentam o documento “Alimentação Escolar de Comunidades Tradicionais: O Pnae indígena no Amazonas”.

A nova publicação apresenta os desafios e as soluções na oferta de alimentação escolar a populações indígenas, por meio da experiência bem-sucedida de adequação do programa às necessidades das comunidades tradicionais no Amazonas.

Uma das chaves para o sucesso da iniciativa foi a compra pública de alimentos diretamente do produtor indígena nas aldeias e comunidades, próximo às escolas, garantindo que a cultura alimentar dos povos tradicionais esteja refletida no cardápio escolar. Ao mesmo tempo, a ação apoia os agricultores familiares locais e traz renda para as comunidades.

O documento está disponível, em português e em inglês, no site do Centro de Excelência contra a Fome do WFP no Brasil.

 

FONTE: Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações do FNDE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *