Carregando...
Notícias

Recurso para análise do diploma é até sexta-feira (25)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recebe, até as 23h59 da próxima sexta-feira, 25 de junho, os pedidos de revisão da análise do diploma dos inscritos na primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2021. Até essa data, os médicos que tiveram a solicitação de atendimento especializado e de tratamento pelo nome social indeferidos também podem entrar com recurso. Os resultados dos pedidos serão divulgados em 30 de junho, no Sistema Revalida.

O Inep alerta que apenas o diploma médico expedido por instituição estrangeira é aceito para comprovação do título acadêmico, conforme previsto no edital do exame. Quem teve o diploma recusado deve enviar novo diploma para análise. O documento original deve ser digitalizado (frente e verso), em formato PDF, PNG ou JPG, com tamanho máximo de 2 MB. Certificados ou declarações de conclusão de curso, bem como qualquer outro documento em substituição ao diploma, não serão aceitos.

Atendimento especializado – O médico que teve o pedido de acessibilidade reprovado deverá anexar, no Sistema Revalida, novas informações, assim como documentação legível, que comprove a condição que motiva a solicitação de atendimento especializado. Para ser considerado válido para análise, o documento deve informar o nome completo do participante; o diagnóstico com a descrição da condição que motivou a solicitação e o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10); assinatura e identificação do profissional competente, com respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente.

Tempo adicional – O participante que solicitou tempo adicional deverá apresentar, além dos documentos comprobatórios de atendimento especializados, nova documentação com a descrição da necessidade de tempo adicional para a realização do exame. Se o novo documento, a declaração ou o parecer referente à acessibilidade for aceito, o participante terá direito ao tempo adicional de 60 minutos em cada turno da primeira etapa do Revalida 2021.

Tratamento pelo nome social – Já o participante que deseja solicitar revisão do pedido de tratamento pelo nome social deve encaminhar documentos como: foto atual, nítida, individual, colorida, com fundo branco e que enquadre desde a cabeça até os ombros. A imagem deve mostrar o rosto inteiro do participante, sem uso de óculos escuros e artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares). Também deve ser anexada, no Sistema Revalida, cópia digitalizada (frente e verso) de um dos documentos de identificação oficiais com foto, válido, conforme previsto em edital.

Prova – A aplicação da primeira etapa do Revalida 2021 será no dia 5 de setembro, em oito cidades brasileiras: Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio Branco (AC), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

 

Fonte: INEP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *