Carregando...
ENEM

Último dia para pagar a taxa de inscrição do Enem 2021

Esta segunda-feira, 19 de julho, é o último dia para pagar a taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. O boleto, no valor de R$ 85, deve ser gerado na Página do Participante e pago pelos não isentos em qualquer banco, casa lotérica, aplicativos bancários ou agência dos Correios, obedecendo aos critérios estabelecidos por esses correspondentes bancários e respeitando os horários de compensação. Já os isentos têm a aplicação garantida, sem a necessidade do pagamento.

O prazo para pagar o boleto não será prorrogado, caso esta segunda-feira (19) seja feriado estadual, distrital ou municipal no local escolhido pelo participante para fazer o pagamento. A inscrição cujo boleto for pago após a data estabelecida não será confirmada, independentemente do motivo que tenha acarretado o pagamento fora do prazo. No caso dos participantes que agendaram a cobrança, é importante verificar se a data do agendamento está de acordo com o previsto nos editais do exame.

Tratamento por nome social – Nesta segunda, 19 de julho, também começa o período para solicitar tratamento por nome social no exame, no caso do participante que se identifica e quer ser reconhecido socialmente em consonância com sua identidade de gênero (transexual, travesti ou transgênero). A solicitação deve ser realizada até a próxima sexta-feira, 23 de julho, por meio da Página do Participante.

É necessário apresentar documentos, como foto atual, nítida, individual, colorida, com fundo branco que enquadre desde a cabeça até os ombros, de rosto inteiro, sem uso de óculos escuros e artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares). Além disso, o participante deve anexar cópia digitalizada, frente e verso, de um dos documentos de identificação oficiais com foto, válido, conforme preveem os editais do Enem 2021.

O resultado da análise da solicitação de tratamento por nome social deverá ser consultado, na Página do Participante, a partir do dia 30 de julho. Em caso de reprovação da documentação anexada, o participante poderá interpor recurso, no período de 2 a 6 de agosto.

Acesso – Para acompanhar a situação da inscrição na Página do Participante, é necessário fazer o acesso com o login único dos portais gov.br. Na mesma página, os inscritos podem acompanhar o andamento das solicitações feitas, bem como entrar com possíveis recursos. Caso o participante não lembre a senha, é possível recuperá-la acessando o sistema do Governo Federal, informando o número do CPF e seguindo as instruções apresentadas.

Inscrições e aplicação – Ao todo, 4.004.764 pessoas estão inscritas no Enem 2021, considerando as duas versões do exame (impressa e digital). Cabe pontuar que a confirmação do total de participantes ocorrerá, em definitivo, somente após o processamento do pagamento das taxas de inscrição. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registrou 3.903.664 inscritos para a versão impressa. Já a versão digital teve as 101.100 vagas ofertadas preenchidas. As duas modalidades de prova serão aplicadas nas mesmas datas: 21 e 28 de novembro.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, tornou-se uma das principais portas de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (ProUni), ambas ações do Ministério da Educação (MEC).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetros para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser usados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Fonte: INEP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *